selo Presencial (1).png
Araceli Chacon 7_PB.jpg

ARACELI CHACON
piano

DOMINGO | 12 DE JUNHO | 11H30

Nascida em São José do Rio Preto, SP, ARACELI CHACON ganhou seu primeiro prêmio e “Melhor Leitura à Vista” aos 8 anos de idade, e aos 9 estreou como solista com orquestra. Durante os 10 anos que residiu nos Estados Unidos concluiu o Bacharelado e o Mestrado em Música na Juilliard School, e exerceu intensa atividade como solista e camerista. Entre suas apresentações, destacam-se participações no Museum of Modern Art's Summer Garden Music Festival, executando as integrais dos Prelúdios para piano, de Claude Debussy, e do ciclo Mikrokosmos, de Bela Bartók; e o Concerto Duplo para piano, Cravo e Duas Orquestras de Câmera, de Elliot Carter, no Focus Music Festival, ambos em Nova York. Suas performances com orquestra incluem solos com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Sinfônica de Charleston e a Sinfônica da Cidade do Cabo, sob a direção musical de Omri Hadari, Camargo Guarnieri, Claudio Santoro e Roberto Minczuk, dentre outras. Desde a infância, sagrou-se vencedora de inúmeros concursos, recebendo também prêmios especiais, como: “Melhor Intérprete de Música Brasileira”; “Melhor Intérprete da obra Jeux d'eau de Maurice Ravel”; e “Prêmio Revelação”, outorgado pela Associação Paulista de Críticos de Arte. Entre 1992-2008 atuou como docente do Departamento de Música da Universidade Federal de Uberlândia. Recentemente, foi convidada como “Guest Artist” da Baden-Baden Brahms Gesellschaft para estudos nesse importante centro histórico de pesquisas sobre o compositor, na Alemanha. Desde os 9 anos, Araceli faz gravações ao vivo para estações de rádio e televisão em países, como: Brasil, Estados Unidos e África do Sul.

PROGRAMA  
 

M. A. MOZART (1756-1791)

12 Variações sobre “La belle Françoise”, K. 353 (1780-82)

 

E. KATUNDA (1915-1990)

Sonata de Louvação (1967)

Dos Bardos do meu Sertão - Allegro deciso

De Acalantos e Noites - Calmo e Triste

 

R. SCHUMANN (1810-1856)

Humoreske op. 20 (1839)