sampaensemble

Renam-mendes2_0002_Layer-2.png
Renam-mendes2_0001_Layer-3.png
Renam-mendes2_0003_Layer-1.png
Renam-mendes2_0004_Layer-0.png
Renam-mendes2_0000_Layer-4.png

 

BRUNO GHIRARDI, 

clarineta

HELOÍSA MEIRELLES, 

violoncelo

JOYCE TRIPICIANO

mezzo soprano

RENAN MENDER

flauta

RICARDO BALLESTERO

piano

DOMINGO | 20 DE NOVEMBRO | 11H30

PROGRAMA
 

I.  L. V. BEETHOVEN (1770-1827)

Allegro con brio, do Trio, op. 11

(clarineta, violoncelo e piano)

C. M. v. Weber (1786-1826)

Schäfers Klage: Andante espressivo, do Trio, op. 63

Finale: Allegro, do Trio, op. 63

 (flauta, violoncelo e piano)

 

II.  PAULINE VIARDOT (1821-1910)

Die Sterne

(voz, violoncelo e piano)

LOUIS SPOHR (1784-1859)

Sei still mein Herz

(voz, clarineta e piano)

 

III.  MAURICE RAVEL (1875-1937)

La flûte enchantée (de Shéhérazade)

(voz, flauta e piano)

Aoua, de Chansons Madécasses

(voz, flauta, violoncelo e piano)

 

IV.  FLORENT SCHMITT (1870-1958)

Très lent, da Sonatine en Trio

Animé, da Sonatine en Trio

(flauta, clarineta e piano)

 

V. ROBERT MUCZYNSKI (1929-2010)

Fantasy Trio

I. Allegro energico

II. Andante com espressione

III. Allegro deciso

IV. Introduction and Finale

(clarineta, violoncelo e piano)

O SAMPAENSEMBLE é constituído por músicos que atuam em algumas das mais importantes instituições musicais paulistanas, como intérpretes e docentes. O grupo explora a fusão da música instrumental e vocal, apresentando um repertório que articula formas e gêneros estritamente musicais com canções e outras obras vocais, nas quais a poesia ocupa um lugar de destaque. 

 

BRUNO GHIRARDI, clarinetista, é Bolsista de pós-graduação do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico), é mestrando em clarinete solo na Hochschule für Musik und Tanz Köln (Alemanha) na classe do professor Ralph Manno. Concluiu em 2018 seu bacharelado em clarinete na Universidade de São Paulo sob a orientação do Professor Luís Afonso Montanha. Foi vencedor do 25º Prêmio Nascente USP (2017) na categoria música erudita, do Concurso Jovens Solistas da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo (2017) e do 7º Prêmio Ernani de Almeida Machado (2018). Atuou como primeiro clarinetista/spalla na Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo em 2016 e como primeiro clarinetista na Orquestra Jovem do Estado de São Paulo entre 2016 e 2019. Sua experiência como solista inclui performances dos Concertos para Clarinete dos compositores W. A. Mozart e Carl Nielsen.

HELOÍSA MEIRELLES é Bacharel pela UNICAMP com aperfeiçoamento no Conservatório de Lyon e no Conservatório Superior de Genebra. Premiada em concursos desde os 11 anos, tem se apresentado no Brasil e em muitos países na Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália e América do Sul. Atuou como solista em diversas orquestras, destacando-se a OSESP, regida pelos maestros John Neschling e Theodor Guschlbauer. Colaborou com ensembles importantes como a Camerata Aberta, Deutsche Kammerphilharmonie Bremen, Percorso Ensemble, Quarteto Osesp, se apresentando ao lado de Antônio Meneses, Michael Collins, Emmanuel Pahud, Antoine Tamestit, Peter Wispelwey. Integra o Trio Arqué, com o qual gravou o CD Trans-Criações, prêmio do ProAC. eÉ professora de violoncelo da Escola Municipal de Música de São Paulo e co-solista da OSESP. 

Natural de São Paulo, o mezzo-soprano JOYCE TRIPICIANO formou-se na Universidade de São Paulo sob orientação de Francisco Campos e Ricardo Ballestero. Obteve Bolsa de estudos do DAADe concluiu seu mestrado em Ópera na Hochschule für Musik Stuttgart com Turid Karlsen. Premiada em diversos concursos conquistou os 1oslugares nos Concurso Jovens Solistas e Nascente da USP e Lions Club Stuttgart, além do 2º lugar no Concurso Villa Lobos. Participou de Masterclasses com Bruna Baglioni, Brigitte Fassbaender, Edda Moser, Margreet Honig, Marcos Boemi, Juan Pons, Miguel Ortega, Steven Mercurio, entre outros. Apresentou-se como solista de obras como Glória de Vivaldi, Magnificat de Bach, 9ª Sinfonia de Beethoven, Folk Songs de Berio, Siete canciones populares de Falla, Zwei Gesaenge Lieder de Brahms, Missa de Santa Cecilia de Pe. J. M. N. Garcia entre outros. No cenário internacional interpretou: atuou em papéis como Cherubino e Nicklausse no Willhelma Theater de Stuttgart; Lisetta (Baden-Baden Theater); Karolka (Staatstheater Darmstadt) e Melissa e Mercedes (Staatstheater Wuppertal), onde integrou o Corpo Estável de Ópera da Casa. Ataualmente integra o Coro Lírico do Theatro Municipal de São Paulo e o Pianosofia, um projeto ligado à música de câmara.

 

Flautista solista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo (OSM), RENAM MENDES, ainda jovem, foi vencedor de importantes concursos nacionais: Prêmio Eleazar de Carvalho (2011), Concurso ABRAF (2010), Concurso Solista da Orquestra Experimental de Repertorio (2008 e 2009). Participou, como músico convidado, em prestigiadas orquestras na França e no Brasil: Orquestra de Paris, Ensemble Intercontemporain e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Renan é formado pelo Conservatório Nacional Superior de Paris.

 

Nascido em São Paulo, RICARDO BALLESTERO tem dedicado sua carreira à música de câmara e à colaboração musical, tendo frequentemente realizado recitais ao lado de instrumentistas e cantores como Atar Arad, Alex Klein, Ray Chen, Paulo Szot, Adélia Issa, Carla Cottini, Erling Blöndal Bengtsson, Hansjörg Schellenberger, Cristiano Alves e Eiko Senda, entre muitos outros. Apresenta-se regularmente nas principais salas de concerto do Brasil. Realizou recitais, palestras e cursos nos EUA, Alemanha, Itália, Espanha, Portugal, Canadá e Argentina e participou de vários projetos de gravação para promover a música vocal e instrumental de compositores brasileiros como Alberto Nepomuceno, Camargo Guarnieri, Gilberto Mendes, Francisco Mignone, Osvaldo Lacerda e Ronaldo Miranda. Foi professor na Universidade de Colorado-Boulder e, desde 2005, é professor na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. É Doutor em Música pela Universidade de Michigan, onde estudou Piano Colaborativo e Música de Câmara com Martin Katz. Estudou também no Westminster Choir College (mestrado) e na Universidade de São Paulo (bacharelado). Foi integrante da Houston Grand Opera Studio em 2003-04. 

 

OUTROS TRIOS

 

Com diversas combinações entre voz, flauta, clarineta, violoncelo e piano, o programa apresenta um repertório eclético que é composto de trios clássicos e românticos, canções alemãs, peças francesas e norte-americanas do século XX. Algumas obras relacionam-se com estéticas, estilos e temas já consolidados na música de concerto, como o classicismo vienense e o romantismo alemão, outras exploram olhares e sonoridades a partir de estímulos culturalmente distantes da Europa. A proposta desse programa em cinco partes é justamente possibilitar novos sentidos de escuta a partir da performance de obras tão distintas entre si, mas que, ao mesmo tempo, podem ser apreciadas através de suas intenções, inspirações e atmosferas em comum. 

selo On line.png