unnamed.jpeg

RAFAEL CESÁRIO

violoncelo

MARCOS ARAGONI

piano

DOMINGO | 26 DE JUNHO | 11H30

PROGRAMA   

L. V. BEETHOVEN (1870-1827)

Variações sobre um Tema de Mozart (Flauta Mágica)

em Mi b maior WoO 46 (1801)

 

F. MENDELSSHONN (1809-1847)

Sonata para violoncelo e piano n. 1, op. 45 (1838)

Allegro vivace

Andante

Allegro assai

 

H. VILLA-LOBOS (1887-1959)

Bachianas Brasileiras n. 2 (1930)

O Canto do Capadócio

O Canto da Nossa Terra

O Trenzinho do Caipira

Mestre pela USP, RAFAEL CESÁRIO obteve o diploma de Perfectionnement no Conservatoire Départemental du Val de Biévre (Paris) por unanimidade, com felicitações do Júri, na classe do renomado violoncelista francês Romain Garioud.

Premiado em diversos concursos, teve aulas também com Antônio Meneses, Alisa Weiterstein, Peter Szabo, Dennis Parker, Pieter Wispelwey, Sol Gabetta dentre outros.

Como solista, atuou junto a importantes orquestras como a Sinfônica do Paraná, Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra do Theatro São Pedro dentre outras. Em 2017, no Festival de Trancoso, atou como solista e camerista ao lado de músicos como o violinista Lorenz Nasturica (Spalla da Filarmônica de Munique), o flautista Mathieu Dufour e o Oboísta Andreas Wittmann, ambos da Filarmônica de Berlim.

Atualmente integra o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e é professor no Instituto Baccarelli. Em 2021 lançou o álbum digital, “Um Outro Adeus”, com André Mehmari.

 

 

Natural de São Paulo, MARCOS ARAGONI iniciou seus estudos com sua mãe. Posteriormente, ingressou na Escola Municipal de Música onde teve aulas com Sonia Muniz e Marizilda Hein. Participou de diversos cursos e festivais no Brasil e nos Estados Unidos e se especializou em música de câmara e correpetição.

Tem atuado como solista, camerista e correpetidor no Brasil, Estados Unidos, Portugal e França. Fez assistência de direção musical em espetáculos como Evita e Jesus Cristo Superstar. Neste último atuou como regente sob a supervisão da Maestrina Vania Pajares.

Já gravou obras de câmara de Villa Lobos, Almeida Prado e Guerra Vicente.

Desde 2004 atua como pianista preparador das Óperas no Theatro Municipal de São Paulo, e desde 2007 é pianista Coral Lírico do mesmo Teatro, sob a direção do Maestro Mario Zaccaro.

DUO - Rafael Cesário e Marcos Aragoni se conheceram em 2015, quando foram convidados a participar do grupo Pianosofia, criado por Cristian Budu. Desde então, já se apresentaram inúmeras vezes. Seu repertório inclui as principais obras para violoncelo e piano de compositores como Bach, Beethoven, Schubert, Brahms, Debussy, Shostakovich, Schumann, Fauré, Rachmaninoff, Shostakovich, Villa-Lobos, J. Guerra Vicente, Camargo Guarnieri, Alberto Nepomuceno, Henrique Oswald e Almeida Prado. Em 2021 o duo lançou o álbum “Beethoven Variations”, disponível em todas as plataformas digitais.

selo On line.png